Próximo encontro da CIB/PR acontece dia 25 deste mês
Técnicos e Gestores do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Paraná (Cosems/PR) e da Secretaria Estadual de Saúde (Sesa/PR) se reuniram na tarde da última quarta-feira (19), para mais um encontro das Câmaras Técnicas da Comissão Intergestores Bipartite (CIB/PR) de Atenção à Saúde, Gestão e Planejamento, e Vigilância em Saúde. Realizado de maneira virtual, o encontro permitiu o debate e a discussão de inúmeras questões referentes às políticas de Saúde no Paraná e municípios, subsidiando os encaminhamentos a serem dados na CIB/PR. Próximo encontro acontece dia 25 deste mês.
A Coordenadora Técnica do Cosems/PR, Marina Martins, umas das participantes, destacou a importância da realização das Câmaras mesmo em tempos de distanciamento social.
“Já não nos é novidade a complexidade do momento que estamos vivendo, que precisamos nos cuidar e pensar também no próximo. Por esse motivo, temos que dar prosseguimento às discussões referentes à saúde que também são de interesse da nossa sociedade, por isso a necessidade de mantermos os encontros das Câmaras Técnicas”, relata. 
“A tecnologia de hoje permite esses encontros virtuais, onde mesmo a distância podemos dialogar e possibilitar esse espaço que é primordial para a discussão entre os gestores. Nosso intuito é de continuar nesse formato até que toda essa situação de pandemia se encerre”, conclui Martins.
Em pauta, uma série de temas inerentes a gestão da Saúde no Estado.  Entre as mais relevantes, destacaram-se a proposta de Deliberação CIB/PR nº 109/2020, que traz orientações aos gestores em relação a utilização de recursos oriundos de emendas parlamentares impositivas de incremento temporário para a Assistência de Média e Alta Complexidade.
Os critérios para desativação gradativa de leitos específicos para atendimento à COVID-19 foi o tema tratado logo em seguida, conforme a doença se estabilize e os números de casos comecem a decrescer. Indicadores como o número de casos novos, detalhados por macrorregião e a taxa de ocupação por tipo de leito da macrorregião serão avaliados para essa desativação.
Por fim, o Plano Estadual de Vigilância e Atenção à Saúde das populações Expostas aos Agrotóxicos PEVASPEA-DAV/SESA tratou da estratégia de enfrentamento às consequências causadas pelos agrotóxicos na população. Esse texto também voltará a pauta de discussões.
Concluídas as pautas propostas pela Secretaria, foi a hora e a vez das pautas solicitadas pelo Cosems/PR. E a primeira delas tratou da Linha de Cuidado Materno Infantil, para a qual a SESA apresentou propostas de adequações voltadas a Linha Guia do Cuidado com a finalidade de melhorar a atenção à gestante e qualificar a classificação de risco. Ainda em aberto, voltará as discussões.
O Cosems/PR também solicitou ao órgão estadual a apresentação da proposta de Implantação da Linha Guia de Atenção ao Óbito e implantação de Serviços de Verificação do Óbito (SVO) no Paraná. O documento traz o fluxo de atenção aos óbitos ocorridos fora dos estabelecimentos de Saúde, cujas causas não estejam bem definidas. O documento seguirá para a análise e deverá voltar à pauta.
A imunização também foi foco de discussão. Na ocasião, a Secretaria apresentou os números referentes a cobertura vacinal no Estado e o fluxo de distribuição de imunológicos. Vale destacar que apesar da pandemia, a cobertura vacinal é fundamental para a prevenção e o controle de doenças imunopreveníveis. Neste sentido, é essencial a buscar estratégias para ampliar a cobertura e proteger a população.
Concluindo o encontro, os participantes trataram dos Kits de Intubação COVID-19, cuja compra é realizada pela Sesa para a distribuição aos hospitais de referência. Se decidiu que essa distribuição será feita a partir de um controle de estoque global, considerando as informações fornecidas pelos estabelecimentos e os insumos disponíveis.