Um encontro voltado à discussão da atual realidade referente aos fluxos hospitalares e também aos serviços de ortopedia das localidades que integram a 14ª Região de Saúde de Paranavaí/PR, reuniu na última sexta-feira (21) – em atividade realizada no município paranavaiense, representantes do Conselho Regional de Secretários Municipais de Saúde (Cresems), Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Paraná (Cosems/PR), Regional de Saúde e Central de Regulação de Leitos, além de membros da Santa Casa local.
Além de possibilitar um diálogo construtivo acerca das principais demandas elencadas, o encontro também oportunizou aos seus participantes a discussão específica de situações atuais inerentes à região, como o fluxo referente ao acesso de pacientes e a otimização do tempo de permanência dos pacientes pensando em uma maior rotatividade de leitos, além da conversa acerca de um estudo para a viabilidade de abertura de uma nova porta de atendimento para a região noroeste do estado, entre outros.
Participaram do encontro a presidente do Cresems, Andréia Martins de Souza Vilar; o diretor da 14ª Regional de Saúde, Nivaldo Mazzin; os diretores técnicos e administrativos da Santa Casa de Paranavaí/PR, Jorge Pelisson e Heracles Arrais – acompanhados de uma equipe de ortopedistas da instituição; e o coordenador da Central de Regulação de Leitos da Macrorregião Noroeste, Adelson Gonçalves dos Santos, além da apoiadora do Cosems/PR para a região, Carla Daniele de Oliveira.
A 14ª Região de Saúde está situada na Macrorregional Noroeste do Estado, tendo sua população estimada em cerca de 250 mil habitantes. Compõem a subdivisão atualmente os municípios de Alto Paraná, Amaporã, Cruzeiro do Sul, Diamante do Norte, Guairacá, Inajá, Itaúna do Sul, Jardim Olinda, Loanda, Marilena, Mirador, Nova Aliança do Ivaí, Nova Londrina, Paraíso do Norte, Paranapoema, Paranavaí, Planaltina do Paraná, Porto Rico, Querência do Norte, Santa Cruz de Monte Castelo, Santa Isabel do Ivaí, Santa Mônica, Santo Antônio do Caiuá, São Carlos do Ivaí, São João do Caiuá, São Pedro do Paraná, Tamboara e Terra Rica.