Na manhã desta terça-feira (20), o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Paraná (Cosems/PR) – através do seu atual presidente e secretário de Mangueirinha/PR, Ivoliciano Leonarchik, representou os gestores de saúde de todo o Estado na cerimônia que marcou o início da vacinação contra a Covid-19 em pessoas de dupla nacionalidade, em evento realizado no município de Foz do Iguaçu/PR, região oeste do Paraná. Além do presidente do Cosems/PR, a solenidade contou ainda com a presença do Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e do secretário de saúde do Estado (Sesa/PR), Beto Preto – entre outros.
A ação faz parte do pedido do Governo do Estado para completar a imunização dos moradores da fronteira com a Argentina e Paraguai, repetindo o protocolo usado no Mato Grosso do Sul.
“O envio de doses com esta finalidade foi uma decisão acertada do Ministério da Saúde, de priorizar territórios com grande fluxo de pessoas e criar uma barreira de proteção. Sem a sensibilidade dos envolvidos na efetivação desta proposta, com certeza estaríamos expostos a mais dificuldades pensando em saúde pública. O importante é que a vacinação continue avançando”, comemora o presidente do Cosems/PR.
Além da destinação realizada ao município iguaçuense, o Ministério da Saúde também destinou a outros três municípios da região de fronteira no Paraná (Barracão/PR, Guaíra/PR e Santo Antônio do Sudoeste/PR) um lote extra de imunizantes como estratégia de frear o avanço e controlar a circulação da variante delta do coronavírus no Brasil.
A Sesa/PR projeta um equilíbrio na campanha a fim de imunizar de maneira igualitária os cidadãos das 399 cidades. Cada município está avançando em paralelo nas suas estratégias, com expectativa de alcançar, no fim de agosto, 80% de imunização mais ou menos juntos – atualmente, 63% já receberam ao menos uma dose.
Categorias: NOTÍCIAS