Um encontro proposto para a discussão das linhas de cuidado em saúde mental – sua implantação e ampliação de acordo com a realidade local, reuniu no último dia 01 gestores de saúde, representantes da 6º Regional de Saúde de União da Vitória/PR e integrantes das equipes de saúde mental das localidades que integram a região de saúde união-vitoriense. O evento contou com o apoio do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Paraná (Cosems-PR).
Coordenada pela própria Regional de Saúde, a apresentação da proposta e o seu planejamento visando a implantação da estratégia pertencente à Rede de Atenção à Saúde Mental foi prontamente acatada pelos municípios da região. A política é atualmente considerada uma das cinco redes prioritárias no Paraná por parte da Secretaria de Saúde do Estado (Sesa-PR),
Na sequência, cada um dos representantes dos municípios que compõem a subdivisão apresentou seu plano de ação e as estratégias a serem desenvolvidas em cada território. De acordo com os participantes, a proposta está em consonância com o PlanificaSUS Paraná – estratégia de educação permanente que busca consolidar a operacionalização plena da Rede de Atenção à Saúde (RAS), por meio da implantação metodológica da Planificação da Atenção à Saúde (PAS).
“A implantação da linha de cuidado na região de União da Vitória/PR acontece no momento em que a Saúde Mental tem se mostrado prioridade tanto do Ministério da Saúde quanto da Sesa-PR, considerando a disponibilidade de financiamento de forma conjunta para a implantação das Equipes Multiprofissionais de Atenção Especializada em Saúde Mental. Aliado a isso, o conhecimento da população acerca desta política torna-se fundamental para a gestão da condição de saúde – por meio da classificação de risco, com o objetivo de estabelecer a atenção no lugar certo e em tempo oportuno”, comenta Denize Aparecida Teixeira, da Seção de Ações Estratégicas e Redes de Atenção (SCAERA) – representante da 6ª Regional de Saúde.
Realizada a solicitação de habilitação das Equipes Multiprofissionais de Atenção Especializada em Saúde Mental, os municípios que integram a região de saúde agora aguardam a aprovação por parte do Ministério da Saúde.
Localizada na Macrorregional Leste do Paraná, a 6º Região de Saúde tem população estimada em 176 mil habitantes. A subdivisão é composta atualmente pelos municípios de União da Vitória, Antônio Olinto, Bituruna, Cruz Machado, General Carneiro, Paula Freitas, Paulo Frontin, Porto Vitória e São Mateus do Sul.
Categorias: NOTÍCIAS